A aventura de ser mãe nos dias de hoje!


CRIANÇAS DESAPARECIDAS

05/11/2013 23:25

                A cada 11 minutos um pessoa desaparece no Brasil, é um número assustador, atualmente, não há um cadastro nacional de pessoas desaparecidas ou uma delegacia especializada em analisar a fundo esses casos. Por não haver a certeza de um crime, as forças de segurança pública também se isentam de qualquer investigação que exija mais do que um boletim de ocorrência.

                Não dá nem para imaginar a dor de uma mãe que tem seu filho desaparecido, as redes sociais se tornaram grandes aliadas nesta busca, todos os dias nos deparamos com fotos e pedidos de ajuda. Toda semana vou postar fotos de crianças aparecidas e quem puder compartilhar será de grande ajuda.

 

A primeira criança::

Para oas mães: "Acreditar é aquilo que lhes resta: é a motivação, a sina e a sentença de quem busca aquele que, um dia, já carregou dentro de si."

 

               Para nós mães pesquisei orientações sobre desaparecimento de crianças!!!

 

DESAPARECIMENTO DE CRIANÇAS

 

(fonte: https://alfaleninha.wordpress.com)

 

ORIENTAÇÕES AOS PAIS

 

- Orientar os filhos a não aceitarem doces,presentes, ou qualquer outro objeto de estranhos, podendo aceitá-los de conhecidos e parentes, somente com prévio consentimento dos responsáveis.

- Manter bom relacionamento com a vizinhança.

- Procurar conhecer as pessoas que convivem com seu filho.

- Participar ativamente dos eventos envolvendo o seu filho, como aqueles ocorridos em escolas e aniversários.

- Ensinar ao seu filho o seu nome completo, endereço e telefone e os nomes dos pais e irmãos.

- Não autorizar o seu filho a brincar na rua sem a supervisão de um adulto conhecido.

- Evite deixar o seu filho em casa sozinho.

- Providenciar a carteira de identidade do seu filho, através do Instituto de Identificação.

- Faça com que as pessoas que necessitam de atenção especial, que vivem sob sua responsabilidade, tenham sempre consigo (no bolso ou gravado em uma medalha) seus dados de identificação.

- Observe o comportamento do seu filho, ficando atento às possíveis mudanças.

- Conheça o tipo sanguíneo e o fator RH da criança.

- Seja amigo do seu filho, deixando-o à vontade para confidenciar-lhe os seus problemas ou vitórias.

 

ORIENTAÇÕES ÀS ESCOLAS

 

- Não permita a saída de criança com pessoa não autorizada pelos responsáveis.

- Observar o ambiente nas proximidades da escola, comunicando qualquer fato suspeito, imediatamente, à Polícia.

 

ORIENTAÇÕES AOS PROFISSIONAIS DA ÁREA DE SAÚDE

 

- Observar, durante o atendimento, o comportamento dos responsáveis pela criança e, caso percebam alguma coisa estranha e dificuldades deles em prestar informações sobre o próprio filho, comunicar a suspeita à Polícia.

 

ORIENTAÇÕES ÀS INSTITUIÇÕES (ABRIGOS, HOSPITAIS)

 

- Registrar os dados do menor ou adulto quando eles derem entrada na instituição. Quando tratar-se de pessoas sem identificação ou que, por algum motivo, pareça ser uma pessoa desaparecida entre em contato com a Polícia Civil.

 

DICAS DE SEGURANÇA

 

- PARA OS PAIS

 

- Nos passeios manter-se atento e não descuidar das crianças.

- Procurar conversar todos os dias com os filhos, observar a roupa que vestem e se apresentam comportamento diferente.

- Fique atento à mudança de comportamento de seu filho, pois isto pode indicar que o mesmo  poderá fugir de casa.

- Uma boa conversa com seu filho poderá livrar você de momentos de angústia e desespero.

- Procurar conhecer todos os amigos do seu filho, onde moram e com quem moram.

- Acompanhá-los à escola, na ida e na volta, e avisar o responsável da escola quem irá retirar a criança.

- Colocar na criança bilhetes ou cartões de identificação com nome da criança e dos pais, endereço e telefone; orientar a criança quanto ao uso do cartão telefônico, bem como fazer chamadas a cobrar para pelo menos três números de parentes, e avisá-los desta orientação.

- Não deixar as crianças com pessoas desconhecidas, nem que seja por um breve período de tempo, pois muitos casos de desaparecimento ocorrem nestas circunstâncias.

- Fazer o mais cedo possível a carteira de identidade no Instituto de Identificação de seu Estado.

- Manter em local seguro, trancado e distante do alcance das crianças arma de fogo, facas, qualquer objeto ou produto que possa colocar a vida delas ou de outras pessoas em risco.

- Orientar as crianças a não se afastar dos pais e fiscalizá-las constantemente.

- Ensiná-las a sempre que estiverem em dificuldade a procurar uma viatura policial, ou um policial fardado (PM ou Guarda Municipal), e pedir ajuda.

- Evitar lugares com aglomeração de pessoas.

- Perdendo a criança de vista, pedir imediatamente ajuda a populares para auxiliar nas buscas e avisar a Polícia.

 

MEU FILHO DESAPARECEU, O QUE DEVO FAZER?

 

- Em primeiro lugar, manter a calma.

- Caso esteja sozinho, peça auxílio para que acionem imediatamente a Polícia. Não existe prazo para comunicar o desaparecimento, faça-o imediatamente.

- Manter alguém no local onde a criança foi vista pela última vez, pois ela poderá retornar ao local.

- Deixar alguém no telefone indicado no cartão de identificação da criança, até para centralizar informações.

- Avisar amigos e parentes, o mais rápido possível, principalmente os de endereço conhecido da criança, para onde ela possa se dirigir.

- Percorrer os locais de preferência da criança.

- Ter sempre à mão foto da criança.

- Ter sempre em mente a vestimenta da criança para descrevê-la, procurando vestí-la com roupas detalhadas, de fácil visualização e identificação (cores berrantes, desenhos etc…).

- Procurar a Delegacia e Conselho Tutelar e pedir auxílio.

 

SITES OFICIAIS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES DESAPARECIDOS 

 

- Ministério da Justiça: https://www.desaparecidos.mj.gov.br

- Crianças desaparecidas em São Paulo: https://www.policia-civ.sp.gov.br/desap/desap_lista.asp?tipo=1&pagenumber=1

- Crianças desaparecidas no Rio de Janeiro: https://www.fia.rj.gov.br/SOS.htm

- Em Minas Gerais: https://www.desaparecidos.mg.gov.br

- No Paraná:https://www.pr.gov.br/policiacivil/sicride/criancas_desaparecidas.shtml

- No Rio Grande do Sul: https://www.desaparecidos.rs.gov.br/

- Em Goiânia (GO):https://www.goiania.go.gov.br/html/sosdesaparecidas/sos.htm

- O número nacional para informações sobre crianças desaparecidas é o Disque 100.

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!