A aventura de ser mãe nos dias de hoje!


TEMPO SECO

05/08/2013 22:30

                        Ontem meu piriquitino fez um ano, a festa foi perfeita! Obrigada a todos que fizeram parte deste dia tão especial, logo que o fotógrafo mandar as fotos faço um post sobre a festa.

                        O mês de Agosto chegou e junto com ele o tempo seco e os problemas respiratórios das crianças, como eles sofrem. A Gugu já começou com a tosse seca e nariz escorrendo, aí vem a falta de apetite e a dificuldade em dormir (por causa da tosse). Abaixo umas dicas para enfrentar a seca!!!

 

 

DOENÇAS RESPIRATÓRIAS COM TEMPO SECO

                 Em vários locais do país tem se verificado um aumento substancial no atendimento de doenças respiratórias decorrentes da baixa umidade do ar. Principalmente, naqueles indivíduos com alguma alergia respiratória preexistente.

                 O registro de índices de umidade no ar muito baixos – em São Paulo chegou a 11% quando o ideal deveria ser de 60% - pode causar irritação nos olhos, garganta e nariz de indivíduos sadios, além de piorar a situação de pessoas com rinite alérgica e asma. Acredita-se que este clima seco possa durar até, pelo menos, o início de outubro.

                Muitas pessoas que pensam estar sempre com resfriado, na verdade, tem rinite alérgica. Esta doença se caracteriza por obstrução do nariz freqüente, espirros repetidos e coceira no nariz, olhos, garganta ou ouvidos. Isto, com o clima seco, tende a se agravar uma vez que o oxigênio entra mais seco pelo nariz, levando à inflamação e produção excessiva de secreção.

                  No nariz, o ar deve ser umidificado e filtrado. Com a umidade muito baixa, o ar chega ainda muito seco nos pulmões e também dificulta a situação dos asmáticos.

               A asma brônquica ( também conhecida como bronquite asmática ) se apresenta com crises de tosse associada, na maioria das vezes, à falta de ar e chiado no peito. Estes sintomas podem ser intermitentes ou persistentes e, se não tratados, podem causar muitos prejuízos à vida destes doentes e até a morte.

                Muitas vezes, há a associação da rinite alérgica e da asma. Estes indivíduos também podem apresentar alguma alergia de pele e, sobretudo no clima seco, alergia nos olhos que se apresentam como coceira nos olhos e pálpebras, ardência, sensação de “areia nos olhos”, lacrimejamento, olhos vermelhos, inchaço nas pálpebras ou fotofobia ( dificuldade para olhar para luz ).

 

7 dicas para proteger as crianças do tempo seco

1. Beber muita água. Olavo Mion diz que, para as crianças, é bom que seja dado um copo pequeno de água a cada hora. Para mães que estão amamentando, Sylvio Renan diz que a indicação é a mesma.

2. Lavar o nariz com soro fisiológico. De acordo com os especialistas, esta é uma prática que se mostrou bastante eficaz para hidratar as vias nasais. “Pode usar umas seis vezes por dia, no mínimo”, explica Sylvio Renan. “Quanto menor a criança, maior a obstrução dos canais nasais, por isso, maior a preocupação”, completa.

3. Usar colírio ou soro fisiológico nos olhos com frequência. Apesar das crianças não sofrerem tanto com os olhos secos, a poluição pode prejudicá-los. Use colírio ou soro fisiológico para limpá-los.

4. Passar hidratantes apropriados na pele. A pele das crianças também resseca durante o tempo seco, por isso os especialistas aprovam o uso de hidratantes especiais, principalmente nas extremidades – como cotovelos e joelhos – que tendem a ficar mais secas.

5. Evitar passeios e esportes ao ar livre. Apesar do sol fazer bem para os bebês, Olavo Mion explica que este tempo não é indicado para levá-los para fora de casa. “Quando a umidade fica abaixo de 30%, é melhor manter as crianças em ambientes com a umidade controlada”, diz.

6. Manter os ambientes umidificados e evitar o uso de ar condicionado. Os especialistas explicam que atitudes simples, como deixar uma bacia com água no quarto da criança ou colocar toalhas molhadas nas extremidades de janelas e portas, faz diferença na umidificação do ambiente.

7. Limpar e desligar os umidificadores na hora certa. Os umidificadores são bastante eficazes, mas não podem ficar ligados a noite inteira. “Se o ar está úmido demais, pode criar bolor na parede”, explica Gilberto Petty. Além disso, é de extrema importância que o aparelho seja limpo com cloro pois tende a criar fungos e bolores, algo que também faz mal para as vias respiratórias da criança, avisa Sylvio Renan.

Leia Mais: RINITE - DOENÇAS RESPIRATÓRIAS COM TEMPO SECO - ABC da Saúde https://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?656#ixzz2b9JAoUgL e https://delas.ig.com.br/filhos/cuidados-especiais-com-as-criancas-durante-o-tempo-seco/n1237759665387.html
(c) Copyright 2001-2013 - ABC da Saúde Informações Médicas Ltda 
Follow us: 
@abcdasaude on Twitter | ABCdaSaude on Facebook

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!